Poemas declamados

Loading...

03 março, 2009

««Encontrei a saudade««


Encontrei a saudade
Perdida numa viela
Menina de pouca idade
Que triste vida a dela
Caminhei pela cidade
À porta de um bar, estava ela
Bêbada de infelicidade
Dando ares de mulher fatela
Vestida de vaidade
Não sei se chore, ou finja não vê-la

Com a saudade deparei
Ao olhar aquele velho
Louco logo o imaginei
Só porque falava com o espelho
Louca sou eu, agora sei
Que não lhe pedi conselho
Sobre as saudades que terei
Se um dia me olhar no espelho
E reparar que virei
Velha, sem querer sê-lo

Num segundo encontrei
A saudade de lado em lado
Era tanta que fiquei
Com o meu andar cansado
A custo lá me afastei
Da saudade do passado
Não consegui conter-me, chorei
Há saudade por todo o lado
Toda a gente que encontrei
À saudade vinha abraçado

Assim terminei o dia
Com saudades a gemer
Meu coração sofria
De saudades a valer

Sem comentários: