Poemas declamados

Loading...

21 março, 2009

««Bom dia Primavera««



Bom dia Primavera
Espreguicei-me como quem estende tentáculos querendo abraçar o sol
Num lento acordar recomeçando a andar
Chegaste Primavera
Contigo vieram os pássaros em bandos de ilusões
Contigo trouxeste as flores relembrando aromas e paixões
Sinto-me viva cheia de esperança, pronta para novas andanças
Tal como o urso que hiberna durante o frio Inverno
Hibernei durante o gélido crepúsculo de muitas primaveras
Acabei de abraçar as mais loucas quimeras
Como quem acaba de nascer e num reflexo de sobrevivência
Espalha seu choro aos quatro ventos
Talvez tenha sido o fio de esperança de um olhar perdido que me puxou para a vida
Mas sei que é obra tua Primavera
Quando se ama a terra com um amor talhado no mais recôndito recanto do ser Quando se nasce da terra sofrida dos campos em flor
Quando se chora porque a terra geme de dor,
Quando se escreve um poema em versos de amor
Não ficamos indiferentes ao teu chamamento
Abrimos os braços numa entrega sobrenatural,
Temendo que se perca esta força imensa que nos empurra para o peito do desconhecido
Por tudo isto neste dia, quero partilhar contigo a Primavera

Sem comentários: