Poemas declamados

Loading...

03 janeiro, 2008

««Um feliz 2008 »»





Ano novo…


Ano novo já chegaste
Que será que tens de novo?
Será que carregaste?
As ilusões do povo

Ano novo, ano novo
Todos riem de alegria
Porque será que me comovo
Quase sempre neste dia

Não acham que tem ironia
O começo do novo ano
Onde reina a fantasia
E a dor parece engano

Com o sair do velho ano
As dores ficam para trás
Tudo nos parece humano
De tudo somos capaz

Mas volta uma força sagaz
Que o mundo sempre comanda
E quase sempre nos faz
Descer à terra, ou viver na esperança !!!