Poemas declamados

Loading...

27 abril, 2009

«« Ridículo... da inveja ««


Ridículo…
Uma pedra no sapato
Que tira o sono
O brio, a lucidez
Se envolve no véu fino
Da mesquinhez

Coisa pequenina
Ali ao virar da esquina
Na sombra
Na ombreira da porta
Uma espera
De quem já está morta

Salta rodopia
Atira-se de cabeça
Nem percebe a agonia
Em delírio
mostra simpatia
De manhã ao fim do dia

Ridículo
Sinónimo tremulo
Para a dor de cotovelo

Sem comentários: