Poemas declamados

Loading...

16 abril, 2009

«« Enleio-me no teu olhar ««


Enleio-me no teu olhar
Mar adentro a desbravar
O que anseias ocultar
Enleio-me no teu olhar

Olhar adocicado
De rapazinho amedrontado
Que julga ter apagado
As penas de amores passados

Embriago-me nesse olhar
Que me parece gritar
Estou aqui, estou a chorar
Tão só, parece estar

Olhos tristes em desassossego
Sinto que tem medo
De procurar aconchego
De procurar um rochedo
Onde possam descansar

Sem comentários: