Poemas declamados

Loading...

08 abril, 2009

«« o teu olhar ««


Mergulho na nostalgia do teu olhar
Água límpida de anseios tingida
Essa corrente que tenta à partida
Deslizar no sonho por encontrar

Mergulho nesse mar por acalmar
Esqueço esta espera desmedida
Só penso em ser o cobertor da tua vida
Qual o caminho mais fácil para te alcançar

Mergulho no mar revolto do sentimento
Penso que é chegado o momento
Para embarcar no galeão do desejo

Este sexto sentido que me fala
Esta voz no silêncio, que não se cala
Grita que estás aí, esperando faz tempo

Sem comentários: