Poemas declamados

Loading...

04 julho, 2010

«« Bom dia ««


Apetece-me partir partículas ao meio
Um grão de areia, um pigmento de cor
Uma ilusão que se alberga no seio
Uma rosa brava no seu esplendor

Apetece-me partir partículas ao meio
Dividi-las em moléculas de esperança
Espalhá-las no ar feito lembranças
Falar às gentes é o meu anseio

Que o dia traga alegria
Um beijo e um sorriso alargado
Um olhar sem encontro marcado
Que o dia traga magia

No olhar pasmado da criança que salta
No eixo da vida, passo apressado
No canto da boca, cansado
Do velho que sente a falta

Das corridas de outrora
Uma vida cheia
Um arremesso da sorte, tão fina teia
Um cair de ombros sem maré cheia


Que o dia traga alegria
Um calor, um aconchego
Em cada partícula te entrego
Fragmentos de poesia.

Sem comentários: