Poemas declamados

Loading...

21 agosto, 2010

«« Contas ««


Serei mais uma conta por entre as contas
Serei um numero ou estatísticas
Serei numero quadrado, serei redondo
Numero fechado, depois do rombo
Que um numero faz na adição
Ao somar, ou na multiplicação
Serei mais uma conta por entre as contas
Serei numero redondo
Que cai com estrondo
Na borracha que o vai apagar
Por entre contas de somar.

1 comentário:

Luís Coelho disse...

Muitos dias dou comigo a pensar que esta sociedade é tratada como números em contas de somar que só interessam a alguém e em certas situações.
Depois podem pegar numa esponja e apagar tudo de uma só vez.
Fica a elite...aqueles que brincam às contas de somar ou apenas nos cálculos prováveis.