Poemas declamados

Loading...

07 junho, 2009

«« Que me faz poesia ««


Se um dia me oferecerem flores
Que sejam singelas, tragam-nas brancas
Atem-lhe uma fita de palavras francas
Embrulhem-nas em papel de muitas cores

As cores que traz o dia que nasce, e os odores
A rosmaninho, a flores do campo tão belas
Á agua que canta límpida, ás aguarelas
Que se espelham num Alentejo de sabores

Este é o sonho que trago comigo, visão
De que um dia me trazem flores de amor
Me conduzem ao sabor do vento suão

Me apertam ao peito, me roubam esta dor
Que carrego comigo, quase sem saber
Que me faz poesia, que me trás desamor

Sem comentários: