Poemas declamados

Loading...

16 junho, 2009

«« Amanhã recomeça ««


Deslizei os dedos nos teus cabelos
Agucei o desejo, por entre delicias
Afagos, sussurras tão doces carícias
Embrenhei-me por entre novelos

Assim enlouqueço perdida em teus braços
Enquanto me envolvo no cheiro que emanas
Sinto-me solta, com tão finas asas
Em voo picado, perco-me em beijos

Percorres ao de leve, a minha pele nua
Sem resistir eu dou, me entrego ao prazer
Elevo a ti, num arrebate, elevas-me à lua

Despertas os meus desejos de mulher
Êxtase que termina em paixão continua
Amanhã recomeça, novo fogo a arder

Sem comentários: