Poemas declamados

Loading...

24 dezembro, 2009

«« Feliz Natal 2009 ««


É Natal…

A chuva cai lá fora
Lava as ruas num vendaval
O pássaro pia ao relento
Como pia o meu pensamento
É Natal
Queria ser brasa viva
Aquecer aqueles, que andam à deriva
A criança que chora com fome
O velho que um dia foi homem
Na noite de Natal
Aqueles que não tem chão
Nem amor, nem compaixão
A quem todos viram as costas
Baixam a cabeça,horas mortas
Vagueiam num lamaçal
É Natal…
Peço desculpa por não escrever bonito
Não consigo, um apelo ao meu instinto
Mas… não sai nada
Segredo-lhe meio zangada
Digo-lhe, é Natal
Mas, apenas me saem palavras sem graça
Fortes , talvez lhe ponha mordaças
Não… deixo correr a tinta
Deixo escrever o que dita
O espírito de Natal…


A todos um bom Natal

Sem comentários: