Poemas declamados

Loading...

28 fevereiro, 2009

««Feliz aniversário David««


Quantas são as ilusões de mãe adolescente
Transforma a esperança na vida que carrega
Em percurso escolhido para todo o sempre
Na continuidade do sonho a que se entrega

Cresceste de mim, amadureci contigo
As brincadeiras que deixei de ter, passaram para ti
Meu filho querido, companheiro amigo
A criança que deixei de ser, renasceu assim

Do menino ao homem feito, revejo-me em tudo
Simbiose perfeita em vivências de esperança
Crescendo para a vida em linha recta

Acredita na minha confiança, quantas vezes no silencio
Nos trilhos que escolhestes para atingires a meta
De homem maduro, nunca esquecendo o catraio