Poemas declamados

Loading...

08 fevereiro, 2009

«« Cansaço««




Cansaço das almas quebradas
Amordaçadas, ignoradas, retalhadas
De quem solta as amarras
E fica à deriva, perdida, sem vida

Um cansaço pesado como chumbo
Que não apetece acordar
Para enfrentar o mundo, recomeçar

Usa e abusa
Sem querer maltratar
Cansaço vieste para ficar

Cansaço ao nascer
Cansaço ao envelhecer
Teimando em viver
Cansaço, só uma pergunta
Não me queres esquecer?