Poemas declamados

Loading...

26 março, 2010

«« Não sei ««


Não sei
Não sei como exprimir o pensamento
Uma vontade férrea neste momento
De te tomar no colo, afastar o cinzento

Não sei, ai como me corre o tempo
Desfaz-se em novelos soltos no vento
E eu não sei dizer-te o meu tormento

Não sei, como dizer a minha saudade
Um aperto no peito, atrofia a vontade
De gritar bem alto, meu amor é verdade.

Sem comentários: