Poemas declamados

Loading...

08 julho, 2009

«« Palavra ingrata ««


Poeta palavra ingrata
Defines a alma humana
Palavra sem regra
Sem contra-regra
Poeta palavra sem rumo
Uns dias és alegria
A seguir vem a tristeza
Aliada da fantasia
Trazes contigo incertezas
De uma vida luzidia
Poeta palavra de ódios
De amuos e desventura
Palavra de muita bravura
Depende do dia da hora
Em que o poeta ri, ou chora.

Sem comentários: