Poemas declamados

Loading...

28 outubro, 2010

«« Vontade manhosa ««


O que é que eu hei-de fazer
Com uma vontade manhosa
Tantas vezes enganosa
Na hora que tenta ver
Se quero olhar e dizer
Volto as costas vou embora
Enfiar-me num buraco
Onde o mundo eu não veja

O que é que eu hei-de fazer
Se a ulcera faz doer
Quando quero desmembrar
Aquilo que acho olhar

Uma vontade manhosa de me ir, abandonar.

Sem comentários: