Poemas declamados

Loading...

11 maio, 2009

«« Preciso do teu abraço ««


Preciso do teu abraço, tanto
Como preciso de ver a luz do dia
Como o céu precisa das estrelas
Tal como os rios precisam da chuva

Assim eu preciso de ti
Assim eu me perco de mim
E no final chego à conclusão
Que nada sou sem a tua mão
Mesmo que isso
Me aperte o coração

Preciso do teu abraço
Para me aquecer nesse Inverno, de mim
Quando o ver se transforma em gelo
Quando o ter se transforma em nada
Preciso me sentir aconchegada
Preciso saber que sou desejada

Preciso de chorar no teu abraço
Por um instante acreditar
Que vais estar aqui
Sempre que acordar
Aqui e não ali,
No canto frio da razão
Onde cada vez me afasto mais de mim
Preciso do teu abraço, sim.