Poemas declamados

Loading...

15 janeiro, 2009

««Em nome de um Deus qualquer««


Em nome de um Deus qualquer
Que não é o de Abraão
Se vai matando a granel
Com armas de frio fel
Um povo que é nosso irmão

É hora de unir as mãos ,que termine a chacina
Que o povo de Israel perseguido e torturado
Que foi pasto da ganância de ditadores em fúria
Levante os olhos ao céu, e veja quanta injuria
Quanta criança morta, quanta gente mutilada
Vem matando ao longo da história
Em nome de uma guerra sagrada

A fé em Deus foi mutilada
Uma nação foi humilhada
Quando o amor deu lugar ao ódio
Quando se esqueceram as diferenças
A que todos temos direito

Quando as crenças e o preconceito
Venceram a razão
Quando o homem matou o seu irmão
Em nome de um Deus que morreu, por todos nós
E nos ensinou a viver em comunhão.

Sem comentários: