Poemas declamados

Loading...

27 abril, 2010

«« Chaga ««


Há uma lágrima que desliza
Uma frase por dizer
Um suspiro que eterniza
Meu amor o meu viver
No meu peito a esconder

As lágrimas são os ecos
De uma frase encoberta
Uma nova descoberta
De mundos incompletos
Aos poucos fecha, esta chaga aberta.

Sem comentários: