Poemas declamados

Loading...

28 novembro, 2010

«« Nasceu uma nova casa ««


Com 739 textos, na sua maioria poemas por onde se perdem alguns contos e uns poucos textos de reflexão chegou a hora de fechar o Escrita trocada, o meu blogue, a sua leitura começa a ser demorada para quem me visita, assim sendo acaba de nascer um outro filho ( Por entre fios de Neve…http://porentrefiosdeneve.blogspot.com/ ) a neve que muita vez me assola, ao olhar o mundo à minha volta.
O Escrita trocada manterá o mesmo endereço só que a partir de agora deixará de receber novos textos.
Agradeço a todos os que fizeram do Escrita Trocada o que ele é, e principalmente o que eu sou como pessoa e como poeta.
Quando dei inicio a este projecto apresentei-me, e durante muito tempo assim me senti, como alguém que gostava de escrever, mas não se sentia como tal, a partir de agora apresentar-me-ei como alguém que ama a escrita, e que se considera poeta acima de tudo, alguns poderão pensar que é presunção minha, mas sempre faço o que o coração me dita, e neste momento ele diz-me para seguir em frente, para continuar igual a mim mesma, que a retribuição será o carinho e o respeito de todos aqueles que me lêem, e que fizeram de mim com esse mesmo carinho e respeito, uma nova mulher.
No novo ano que se avizinha, se Deus quiser nascerá o meu primeiro filho em papel, no qual me encontro a trabalhar. Senti finalmente que vale a pena, e acima de tudo sei que não enganarei com aquilo que escrevo, nem a escrita, nem os leitores, nem me estou a enganar a mim própria.
Obrigado a todos.

Sem comentários: