Poemas declamados

Loading...

23 maio, 2010

«« Preciso de um silêncio ««


Porque a noite me trás apatia
Numa voz matreira
Ponta de ironia
Porque me passa rasteira

Preciso de um silêncio que murmure

As palavras que preciso ouvir
Sempre que escorrego
Pela ladeira do infeliz

Preciso de um grito que me acorde

Da letargia que passou
Esta noite, olhou-me com olhos demoníacos
O olhar de quem já não sabe

Se é gente ou bicho
Se é noite ou dia
O que foi capricho
Firmou razia

Preciso de um silêncio

Por onde penetre a tua voz
Sussurrando um tudo
E nesse tudo eu me sinta aninhada.

3 comentários:

Leonardo B. disse...

[dentro da linha, onde se aninha essa urgência, talvez que seja necessário "um silêncio que acorde, entre um grito que murmure"...]

um imenso abraço,

Leonardo B.

direitinho disse...

Boa tarde
Da Vony Ferreira passei por aqui e gostei do que li.. Irei seguir-te e ler com tempo.

Ministério da saúde disse...

Caro blogueiro,


A campanha de vacinação contra Influenza H1N1 foi prorrogada até 2 de junho. Gestantes, doentes crônicos, adultos de 20 a 39 anos e agora crianças de 6 meses a 5 anos devem se imunizar. A vacina contra o vírus que já matou mais de 2 mil brasileiros, está disponível nos postos de saúde pública de todo o Brasil. Ela foi testada, é segura e mais de 300 milhões de pessoas já foram imunizadas com esta vacina no Hemisfério Norte.

Por isso, é muito importante contar com a sua colaboração! Você pode ajudar por meio de materiais que disponibilizamos especialmente para blogs.

Para mais informações sobre como se tornar um parceiro, escreva para fernanda.scavacini@saude.gov.br

Atenciosamente,
Ministério da Saúde