Poemas declamados

Loading...

22 maio, 2010

«« Ciúme ««


Será o ciúme
Uma praga

Que destrói por onde passa
Será o ciúme caduco

Declínio da mente
Imaginação constante
Eu sei que presente
Teu rosto contente

Será o ciúme uma praga
Serei eu demente
Teu andar diferente
Numa estrada rasgada
Pela rigidez da vida

Sem mim.

Sem comentários: