Poemas declamados

Loading...

09 outubro, 2009

«« Alma a descoberto ««


Caminho vazia de mim
Desembrulho na evolução do dia
A minha fantasia
Vasculho o principio e o fim
Quem diria

Encontrei o recanto bolorento
Onde guardo fios de vento
As achas da minha fogueira
Se atearam nesse momento
E aí subi a fatigante ladeira
Do esquecimento

Caminho vazia de mim
Com a alma a descoberto
Os lobos, esses
Viram-me as costas
A minha pele está morta
Os lobos querem a alma
A minha levou-a o vento.

1 comentário:

Cria disse...

Um grandioso texto, verdadeiramente !! Meu carinh.