Poemas declamados

Loading...

14 junho, 2010

«« Boa noite ««


Boa noite
Como é bom ouvir
Um beijo na face
Hora de dormir

Há gesto inalteráveis
Dias e noites sem fim
São flores de um jardim
São retalhos inabaláveis
Sem vermos a rotina estala
O que era, já não volta mais
Os dias deixam de ser iguais
O coração chora, chora mas não fala.

1 comentário:

Sonhadora disse...

Lindo poema. Muito leve.
Adorei

Beijinhos
Sonhadora