Poemas declamados

Loading...

07 abril, 2008

«« o estado da nação ««


Meter a venda aos bois…
Quem não sabe o que isto é ?
Meus senhores por que sois
Vamos arejar o estaminé


Neste Portugal pequenino
Com tantos séculos de história
Com um Zé Povinho franzino
E tantos senhores sem memória
Todos falam da glória
Do que em outros tempos se fez
Não querem mudar a retórica
E pensar de quando em vez
Mas pensem com a altivez
Das gentes simples do povo
Não esqueçam a sensatez
E tentem gerir um todo
Porque o país cheira a mofo
Está na hora de mudar
Precisamos de sangue novo
De gente que saiba ousar
Comecem a cativar
Jovens com novas ideias
Deixem as mentes brilhar
E deixem de andar à boleia….

Sem comentários: