Poemas declamados

Loading...

03 outubro, 2007

Sonho


1 comentário:

Anónimo disse...

De poema em poema fico mais impressionado. As razões saõa as mesmas a profundidade, a interioridade, porque são sentires pessoais, a procura, o sonho, a liberdade que se busca e se vai alcançando, o amor o desejo, a necessidade. Afinal tu.
Não são poemas de outros ou sobre problemas de outros, são poemas teus e só tu os podias escrever.
Força Ein