Poemas declamados

Loading...

28 fevereiro, 2008

«« Quero »«


Eu quero mas quero tanto
Que perco a noção do tempo
Queria ter um manto
Que me aquecesse por dentro

Queria estar bem no centro
Do mundo e vê-lo girar
Queria dormir ao relento
E ter voz para cantar

Queria poder dançar
A dança das borboletas
Queria poder alcançar
Outras estrelas e cometas

Mas como as coisas estão pretas
O melhor é deixar para lá
Nunca jogar na roleta
E indo andando por cá

Sem comentários: